Skip links

Recuperação econômica verde e inteligente: O que as cidades da comunidade IUC-LAC têm para ensinar?

Os Diálogos Abertos da IUC-LAC entre cidades da Europa e da América Latina tiveram uma semana dedicada à recuperação econômica, abordando a economia verde (23 de junho) e a economia inteligente (25 de junho), que reuniu tomadores de decisão, técnicos e atores-chave. “Sem dúvida um exemplo perfeito de como tirar proveito de sua participação no IUC, não apenas para trocar experiências e se posicionar nacional e internacionalmente, mas para abrir mercados para suas empresas”, afirmou Sandra Marín, coordenadora de cooperação cidade-cidade do IUC-LAC.

O primeiro webinar, dedicado à economia verde, questionou o modelo econômico do planeta, que é atualmente baseado no consumo, grande utilização de recursos naturais, suportado nos combustíveis fosseis e gerador de altos níveis de emissões de CO2. Os oradores concordaram que a pandemia pode ser uma oportunidade de acelerar medidas que permitam às cidades desenvolver a economia verde, embora existam problemas estruturais que terão de ser superados.

Na ocasião também foi apresentado um estudo de caso sobre economia circular, que é baseada nos princípios de redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. Marin Zegers, especialista no tema, apresentou a experiência da cidade holandesa de Utrecht. Logo em seguida os convidados deram exemplos de iniciativas que podem contribuir com a transição do atual modelo econômico, tornando as cidades mais sustentáveis e resilientes. Assista ao webinar sobre Recuperação econômica verde.

O Segundo webinar, sobre recuperação econômica inteligente, trouxe a reflexão sobre as implicações da pandemia na aceleração da transição digital e como inovações digitais e inteligentes podem ser uma resposta à crise econômica, além de melhorar a qualidade de vida nas cidades, trazendo mais transparência e reduzindo a burocracia.

Com o surgimento da COVID-19 e o estabelecimento de lockdowns, a infraestrutura digital desempenhou um papel fundamental no funcionamento da economia urbana e no acesso da população a bens e serviços indispensáveis. O estudo de caso da sessão foi a Start up Lisboa, incubadora e aceleradora de start ups de base tecnológica, apresentado por Miguel Fontes, CEO da empresa. Nos últimos anos Lisboa tornou-se um dos ecossistemas de inovação mais dinâmicos na Europa.

Ao final os palestrantes puderam dar exemplos de inovação e de digitalização que estão em curso nas cidades e compartilharam as suas expectativas sobre como a Economia SMART pode ajudar a responder aos desafios econômicos e promover a participação cidadã. Assista ao webinar sobre Recuperação econômica inteligente.

Inscreva-se nas próximas sessões dos Diálogos IUC-LAC, que tratar de Resiliência Climática:

7 de julho – Repensar os serviços públicos e os recursos naturais

9 de julho – Ações e soluções pelo clima

As sessões dos Diálogos IUC-LAC têm tradução simultânea para inglês, português e espanhol.

Return to top of page