Skip links

Recuperação econômica e sustentável: um desafio corajoso é o assunto dos próximos Diálogos IUC-LAC

Após os seminários voltados ao turismo e à transformação urbana das semanas anteriores, nos próximos dias serão realizados os seminários de Recuperação Verde e Recuperação SMART, ambos enquadrados na semana de Recuperação Econômica do Diálogo Aberto da IUC-LAC, seminários on-line desenvolvidos pela Programa Internacional de Cooperação Urbana na América Latina e no Caribe, que reúne equipes governamentais, empresários e especialistas em desenvolvimento da região e da Europa.

A semana tem como objetivo propor uma saída da crise econômica causada pelo coronavírus a partir do uso sustentável e medido dos recursos naturais e do uso de novas tecnologias e ferramentas digitais que nascem nas cidades.

O primeiro deles, o Green Recovery, ocorrerá no dia 23 de junho às 17:00 (CET) e abordará como a recuperação coincide com a implementação pela União Europeia de novas políticas ambientais que buscam a transição para uma economia mais sustentável. A recuperação econômica será uma oportunidade para repensar o modelo de prosperidade do nosso planeta e construir uma economia em torno dos princípios ecológicos?

O seminário contará com palestrantes de alto nível, como o prefeito de Viana do Castelo (Portugal), José María Costa, o prefeito de São Leopoldo (Brasil), Ary Vanazzi, diretor de políticas urbanas e estratégias de financiamento de Pablos Melas (Grécia), Paris Kourti, decano de administração de empresas da Universidade Cooperativa da Colômbia em Ibagué (Colômbia), Sebastián Sánchez e especialista em economia circular, Marin Zegers, que apresentará o estudo de caso do município de Utrecht (Holanda). O espaço será moderado pelo especialista em desenvolvimento social e econômico, Sergio Barroso. Lise Pate, vice-diretora da equipe regional de instrumentos de política externa para as Américas da União Europeia, abrirá a sessão.

O segundo deles, o SMART Recovery, que acontecerá no dia 25 de junho às 17:00 (CET), tratará a economia digital como um novo mecanismo de crescimento e emprego, que teve sua implementação precisamente multiplicada durante o período de confinamento e está se aproximando. como essencial para a recuperação econômica das cidades. Essa tendência de transição digital acelerada por pandemia é realmente uma oportunidade para as cidades se recuperarem economicamente?

O espaço contará com a participação do Diretor de Projetos Urbanos e Inteligência da Cidade de Barranquilla (Colômbia), Ricardo Vives, da Assessora de Saneamento e Meio Ambiente de Benedito Novo (Brasil), Simone Gomes Traleski, da Diretora de P&D do Smart City Cluster da Espanha, Verónica Ramírez, e do CEO da Porto Digital, do Porto (Portugal), Paulo Calçada. Da mesma forma, o Diretor de Start-up de Lisboa, Miguel Fontes, participará de seu estudo de caso sobre a incubação e aceleração de start-ups de base tecnológica. O espaço será moderado pelo especialista em desenvolvimento social e econômico, Sergio Barroso. Lise Pate, vice-diretora da equipe regional de instrumentos de política externa para as Américas da União Europeia, abrirá a sessão.

Na ocasião da cessação pela Covid-19 das atividades presenciais, o Programa Internacional de Cooperação Urbana na América Latina e no Caribe (IUC-LAC) vem desenvolvendo seminários on-line, como os mencionados, batizados sob o nome de Diálogos Abertos IUC-LAC.

Os diálogos começaram em 13 de maio com um seminário sobre o renascimento da indústria do turismo pós-Covid-19 e ocorrerão até julho do próximo ano com o desenvolvimento de outros 4 seminários, que se concentrarão na recuperação econômica e na resiliência climática. O objetivo dos seminários é fortalecer o relacionamento entre as cidades participantes do programa e trocar experiências e boas práticas para enfrentar o estágio pós-Covid-19.

Serviço

Recuperação Verde – 23 de junho

Hora

Atenas – 18H

Madri / Bruxelas – 17H

Lisboa – 16h

Brasília – 12H

Bogotá – 10H

Acesso

Recuperação SMART – 25 de junho

Hora

Atenas – 18H

Madri / Bruxelas – 17H

Lisboa – 16h

Brasília – 12H

Bogotá – 10H

Acesso

Return to top of page