Skip links

Delegação sueca e a Região Central da Colômbia trabalharam em proposta de colaboração de processos agroalimentares sustentáveis

Uma delegação da região sueca de Ideon-Skane visitou, de 21 a 25 de outubro, a Região Central da Colômbia (RAPE) para identificar oportunidades de negócios, especialmente no setor agroalimentar, possibilitar intercâmbios acadêmicos na região e trabalhar em áreas de interesse comum – como as Estratégias de Especialização Inteligente (RIS3) de ambos os territórios.

Na reunião, os delegados das duas regiões trabalharam em uma proposta de colaboração de acordo com o aprendizados da missão, que responda aos desafios e necessidades identificados na região colombiana, como a pesquisa aplicada ao setor agrícola, a aplicação de TICs na agricultura, inovação nas indústrias agroalimentar, ecoturismo, gestão e consumo eficientes de produtos.

A Delegação da Colômbia, responsável por tornar visíveis os grandes pontos fortes da questão nos territórios, foi liderada pela Região Administrativa de Planejamento Especial,   Região Central de RAPE, entidade pública formada pelos departamentos de Boyacá, Cundinamarca, Meta e Tolima e Bogotá, capital do país.

Saudações iniciais entre as delegações de RAPE e de Ideon-Skane

Frente ao tema de agroalimentação, as delegações abordaram a importância do desenho de sistemas agroalimentares saudáveis e sustentáveis baseados na produtividade rural, na revitalização de equipamentos e na consolidação de canais de marketing.

No primeiro dia, a   RAP-E Região Central apresentou sua estrutura estratégica geral e os principais projetos de impacto regional que são desenvolvidos no território; da mesma forma fez a delegação sueca com seus avanços nas mesmas linhas de trabalho identificadas acima. O dia terminou com a visita ao centro de experiências da empresa Distrito Chocolate, localizada ao norte de Bogotá, que nasceu como uma iniciativa de agricultores de Boyacá para substituir plantações ilícitas e que atualmente impulsionam o trabalho de 27.000 famílias produtoras de todo o país.

O segundo dia da visita começou com a apresentação do Plano de Abastecimento Alimentício da Região Central e da Rede de Universidades que pesquisam o tema. Contou com a participação das Universidades Nacional, de Tolima, Distrital, La Sabana, Pedagógica, a  Tecnológica da Colômbia e a UNIMINUTO. Foram destacados os processos logísticos e a chegada de alimentos aos diferentes pontos, priorizando os pertencentes à cesta básica.

Apresentação do Plano de Abastecimento Alimentar da Região Central à delegação sueca

O terceiro dia da missão procurou aproximar a delegação sueca da realidade do trabalho de campo. Assim, no Governo de Boyacá, foram apresentadas as principais estratégias e  obstáculos relacionados à cadeia produtiva de produtos como o cacau, café, abacate, batata ou leite e foram apresentados os processos de embalagem, consumo eficiente, descarte, importação e exportação. No mesmo cenário, para divulgar a qualidade dos produtos locais desenvolvidos nesses processos, foram convidados fabricantes de mel e produtores de café, geleia e verduras embaladas. Pela tarde, visitaram o parque agroalimentar que está sendo construído na cidade de Tunja, no departamento de Boyacá.

Visita ao parque agroalimentar em construção  de Tunja 

No dia seguinte, a delegação sueca foi convidada a fábrica de processamento de cacau no município de San Pablo de Borbur, para conhecer em primeira mão o processo de produção e certificação de cacau na região. A visita contou com a participação de produtores de cacau, que explicaram como realizam o processo, mas também explicaram quais são os problemas relacionados a ele, como a necessidade de uma fábrica de processamento bem mais equipada, as necessidades de dispor de melhores embalagens ou  de reforçar o papel das mulheres e sua capacidade de empreendedorismo.

Fábrica de processamento de cacau de San Pablo de Borbur

Da mesma forma, foi realizada uma  visita a uma fazenda (Finca San Luis), onde se pratica o turismo ecológico e o turismo rural de cacau, que inclui o passeio de cacau e esmeralda, assessoria profissional sobre questões de empreendedorismo rural e conhecimento de espécies protegidas.

Fazenda de turismo ecológico na região

A delegação da Região Central do RAP-E (Colômbia) foi liderada pelo Gerente Fernando Flórez, a Diretora Técnica Catalina Martínez, Coordenadora do eixo de Governança e Bom Governo, Magda Paola Núñez, o Coordenador do eixo Sustentabilidade Ecossistêmica e de Gestão de  Riscos, Carlos Barragán, o Coordenador do Eixo de Infraestrutura Logística e Serviços Públicos, Jorge Aya e o Coordenador do Plano de Abastecimento da Região Central, José Mesa.

 

Sobre o IUC-LAC (América Latina e o Caribe)

O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) apoia a cidades de distintas regiões do mundo a se conectarem e compartilharem soluções para problemas comuns no desenvolvimento urbano sustentável, no âmbito da Nova Agenda Urbana e no combate às mudanças climáticas. O capítulo para a América Latina e o Caribe do programa IUC Global é responsável pela implementação do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e a Energia na região. O capítulo para a América Latina e o Caribe também é o único do programa do IUC Global  com um componente dedicado à cooperação entre regiões para que possam compartilharem soluções e  impulsionar a inovação.

 

 

 

Return to top of page