Skip links

Delegação regional de Bio Bio retorna ao Chile após visita ao país basco para o intercâmbio de inovação, tecnologia e indústria 4.0 no âmbito do programa da União Europeia

Uma delegação regional do Bio Bio, liderada pelo presidente regional Flor Isabel Weisse Novoa, retornou ao Chile após sua visita ao País Basco, na Espanha, na qual compartilhou o interesse em inovação e tecnologia 4.0, indústrias criativas e parques e clusters tecnológicos, entre outros, em iniciativas que visam estimular a inovação, melhorar a sustentabilidade e trocar tecnologia e melhores práticas.

Uma delegação regional do Bio Bio, formada por seis pessoas, representantes de entidades público-privadas e chefiada pela presidente do Conselho Regional, Flor Isabel Weisse Novoa, retornou ao Chile após este concluir, no último sábado, sua visita ao País Basco, no norte do Espanha, como parte do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia, cujo objetivo é apoiar as cidades e regiões a inovar, definir prioridades para o desenvolvimento econômico e compartilhar soluções sobre desenvolvimento urbano sustentável.

Recepção dos chefes do Secretariado Geral de Ação Estrangeira do Governo Basco aos representantes chilenos

A visita de seis dias (27 de maio a 1 de junho) levou a delegação Bio Bio a visitar as três capitais provinciais do País Basco (Vitoria-Gasteiz, Bilbao e San Sebastián) em uma intensa agenda para experimentar em primeira mão suas melhores práticas e onde visitas a instituições bascas e empresas de referência na região foram desenvolvidas em áreas como indústrias 4.0, inovação, tecnologia, desenvolvimento agroindustrial, promoção de indústrias criativas e culturais, conteúdo digital, competitividade e desenvolvimento territorial, além de parques científicos e tecnológicos , entre outros.

A delegação chilena foi integrada, além da presidente do Conselho Regional, Flor Isabel Weisse Novoa, pelo Diretor Executivo do Comitê Regional de Desenvolvimento Produtivo e CORFO, Macarena Vera, os presidentes da Câmara Chilena de Construção em Concepción, Pedro Felipe Schlack Muñoz, e da Câmara de Produção e Comércio da mesma cidade, Ricardo Alfonso Gouët Bañares, o empresário regional especialista em inovação e diretor da Associação de Empresários do Chile, Iván Andrés Fierro Soto, e o representante da colônia Basca na capital do Bío Bio, Maria Isabel Irigoyen Durán.

Ambas as regiões compartilham um interesse na indústria metalúrgica, que desde os anos 70 experimentou um declínio em sua atividade e está em processo de reconversão. Neste setor existem poucas regiões no mundo com o nível de apoio da indústria metalúrgica e mecânica, como o País Basco, algo que pode ser útil para Bio Bio, que também tem empresas de estaleiro e de navegação civil.

Entre os tópicos de interesse comum, incluem-se os que visam promover a investigação aplicada e inovação, tecnologia, desenvolvimento da indústria 4.0, competitividade e sustentabilidade do setor alimentar e desenvolvimento sustentável das zonas rurais, o setor da madeira, parcerias público-privadas, colaborações com universidades e desenvolvimentos de parques e clusters tecnológicos. Há também um interesse muito importante no desenvolvimento de uma economia de indústrias criativas e culturais e na sua gestão, aproveitando a história de sucesso internacional do Museu Guggenheim em Bilbao, e dada a reconversão urbana que a região Bio Bio está experimentando o desenvolvimento de um importante teatro no Chile em sua capital, Concepción.

“Um dos eixos da nossa gestão é posicionar a região do Bio-Bio no concerto internacional, e é por isso que o convite estendido a nós pelo Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia e do País Basco para participar de atividades ligadas à inovação é uma grande oportunidade “, afirma o prefeito de Bio Bio, Sergio Giacaman.

“Tem sido uma visita de excelência, de muito bom nível, tremendamente importante para o objetivo que temos como região do Bío Bío. Esta missão cumpriu o objetivo, não só estamos gratos, mas com uma visão muito clara do que o País Basco tem feito, como eles foram capazes de se reinventar e mudar sua matriz produtiva, especialmente em termos de inovação, ciência e tecnologia, onde estamos a fim de concentrar o nosso desenvolvimento regional “, disse a presidente do Conselho Bio Bio Regional, Flor Isabel Weisse Novoa, no final da visita

“Esse tipo de missão fala muito bem das relações e vínculos recíprocos que conseguimos estabelecer como região de Bio Bio e o País Basco. Destacam-se os setores público e privado que vimos claramente que tem uma participação muito importante aqui, assim como a disposição do governo do País Basco para promover conjuntamente qualquer iniciativa “, concluiu Weisse Novoa.

Visita ao parque científico da Universidade do País Basco

“O Programa IUC-LA da União Europeia avaliou positivamente a complementaridade dos setores econômicos e as semelhanças nas prioridades de pesquisa e inovação, que existem entre o País Basco e Bio Bio”, explicou Rafael Hueso Vincent, do Governo Basco. “Nesta primeira visita, uma delegação de Bio Bío participou por uma semana em diferentes reuniões com agentes públicos e privados dos setores selecionados no País Basco/Euskadi. Ao final desses cinco dias de intenso trabalho, acreditamos que se pode dizer que o saldo tem sido altamente positivo. Bio Bío teve a oportunidade de conhecer a realidade de Euskadi, identificando sinergias que serão abordadas nas áreas de cooperação. Em uma visita posterior que uma delegação do País Basco fará à Bio-Bio, a estrutura geral sobre a qual trabalhar em comum será moldada “, acrescentou Hueso Vincent.

Este foi o terceiro de cinco intercâmbios entre cidades e regiões chilenas com contrapartes europeias que acontecerão nos próximos meses. Em março (24-28), uma delegação de Berlim-Neukölln (Alemanha) visitou San Pedro de la Paz, no Bio Bío, enquanto em abril (1-5), uma delegação de Tarapacá visitou as Astúrias. Além disso, em breve, a região de O’Higgins “será geminada” com o italiano Molise e da cidade de Chiguayante com Kavala, na Grécia.

 

Sobre o IUC-LAC (América Latina e o Caribe)

O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia tem um orçamento de mais de 5 milhões de euros e três anos de duração e foram escolhidas 20 cidades e regiões da Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, México e Peru para colaborações com suas contrapartes europeias.

Para qualquer pergunta ou para falar com o representante do programa do IUC na América Latina, por favor entre em contato com:
Patricia Luna – patricialunat@gmail.com
+56 98257 5693

Return to top of page