Skip links

A Delegação espanhola de Asturias visitou Tarapacá para trocar conhecimentos sobre tecnologia, economia circular e energias renováveis no âmbito do programa da União Europeia

Uma delegação da região espanhola do Principado de Asturias visitou Tarapacá  para conhecer mais de perto os projetos de economia circular, empreendimentos, start ups, mineração e parques de energias renováveis como parte de um programa da União Europeia que é destinado a promover a troca de boas práticas e territórios mais sustentáveis entre as duas regiões

Uma delegação regional do Principado de Asturias na Espanha visitou vários lugares da região de Tarapacá entre os dias 01 e 05 de julho, como parte do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia, cujo objetivo é apoiar as cidades e regiões a inovar, escolher prioridades para o desenvolvimento econômico e compartilhar soluções sobre o desenvolvimento urbano sustentável.

A delegação espanhola esteve composta por cinco pessoas, liderada pelo Diretor Geral do Instituto de Desenvolvimento do Principado das Asturias (IDEPA), Eva Pando Iglesias, juntamente com o Responsável de Competitividade e Inovação e o assessor técnico desta área, também o IDEPA, Jaime Fernández Cuesta e Mauricio del Cueto Sánchez, Teresa Vigón, Diretora Geral da Asturex e Pilar Gómez Larrañaga, da INFYDE.

A visita da delegação espanhola foi a segunda que ocorreu entre as duas delegações. Na primeira, realizada em Asturias, em abril, as delegações visitaram empresas de referência da região em áreas como energia renovável, integração de processos produtivos 4.0 na indústria, transformação digital, novos materiais mais sustentáveis, gestão renovável de recursos sólidos e inovação biosanitária.

Agora, a delegação espanhola manteve uma intensa agenda em que conheceu mais de perto projetos de economia circular de Tarapacá, tema chave para a região chilena pois forma parte do objetivo GORE da região, que é relevante para Asturias pelo processo de descarbonização existente.

Visitaram também as instalações da ZOFRI (Zona Franca de Iquique), do HUB de Tarapacá, destinada a gestão e acompanhamento de start ups, empresas de mineração, parques de energia fotovoltaica e renovável e iniciativas inovadoras de aquacultura, dentre outros.

Visita a Associação de Industriais de Iquique

Visita ao Hub de Tarapacá

“Para Asturias, participar do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia de cooperação entre regiões foi uma oportunidade muito interessante para iniciar uma estratégia de colaboração interregional com a região chilena de Tarapacá, em áreas relacionadas à inovação e desenvolvimento sustentável “, disse Mauricio del Cueto, Assessor Técnico da área de Competitividade e Inovação do Instituto de Desenvolvimento Econômico do Principado de Asturias.

Apesar de lidar com grandes diferenças com Asturias em relação a alguns aspectos, “Tarapacá apresenta também grandes similaridades conosco em muitos outros campos. Temos interesses semelhantes. Portanto, a oportunidade de cooperar e trocar experiências com Tarapacá foi de grande importância para Asturias desde o início, e estamos convencidos de que através deste projeto seremos capazes de identificar e dar inicio a atuações concretas de colaboração entre empresas e instituições de ambas regiões”, afirma Mauricio del Cueto.

Visita a um campo de panéis fotovoltaicos da região

Entre os temas de interesse em comum se destacaram as energias renováveis não convencionais, mineração, economia circular, gestão de resíduos sólidos, indústria 4.0,  biotecnologia, e, em menor medida, o agronegócio e o turismo, bem como o processo de descentralização que existe em Tarapacá e no Chile neste momento e que podem servir de referência para as instituições asturianas. Ambos os territórios compartilham uma cultura industrial muito importante, que foi ou é liderada pela matriz de mineração. O setor de mineração de Asturias estava em primeiro lugar na agenda e perdeu relevância nas últimas décadas, entretanto, moldou a cultura industrial da área.

“Estamos muito entusiasmados que este convênio nos permitirá desenvolver linhas de trabalho e ações correspondentes para os projetos conjuntos. Queremos transmitir estas questões para o setor empresarial e esperamos a delegação de Asturias para mostrá-la o nosso potencial e para que possa nos ajudar a desenvolvê-lo”, disse o prefeito de Tarapacá, Miguel Angel Quezada.

Visita a empresa de águas Altiplano

Este é o segundo de cinco encontros entre as cidades e regiões chilenas com as contrapartes europeias que estão ocorrendo este ano, e o primeiro a completar o ciclo de ida e volta, após a visita que Tarapacá realizou às Asturias entre os dias 01 e 05 de abril.

As delegações concordaram em elaborar o plano de ação para lançar projetos de colaboração entre as duas regiões, que serão compartilhados nos próximos dias.

 

Sobre o IUC-LAC (América Latina e o Caribe)

O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) da União Europeia conta com um orçamento de mais de 5 milhões de euros e três anos de duração e foram selecionadas 20 cidades e regiões da Argentina, Brasil, Colômbia, Chile, México e Perú para realizar  colaborações com suas contrapartes europeias.

 

Return to top of page